Denise Astrologia

animadenise@uol.com.br

  • deniseastrologia

A PAPISA NO CINEMA

No filme Poesia, (Coréia do Sul, 2010), dirigido por Lee Chang-Dong, com Yoon Jeong-Lee, vivendo a protagonista do filme Mija, vemos em sua personagem as várias faces do arcano dois, A Papisa. Mija cuida do seu neto inteiramente, com a dedicação que essa carta representa, enquanto sua filha mora em outra cidade. Ela é maternal, e dona-de-casa, cuidando da comida e da casa, atributos da Papisa.





Yoon Jeong-Lee no filme "A Poesia"Ela busca inspiração como a Papisa e é misteriosa como a Papisa.Ela cuida de um idoso no filme, e toda atividade de cuidado tem a ver com A Papisa. Como A Papisa, ela segue sua intuição no filme. E nos emociona com isso.


Outro filme que traz o arquétipo A Papisa é Samsara (2001), dirigido por Pan Nalin, com Shawn Ku, e Christy Chung. O casal principal do filme são ambos conectados com o arquétipo A Papisa: intuitivos, emocionais, ligados na comunidade, e no mundo espiritual. O filme traz a questão da convivência familiar e doméstica de um casal, e é o arcano dois, A Papisa, que representa no tarô esse tipo de convivência.


É um filme que traz a questão do espiritual conectada à vida da comunidade, que é o simbolismo que o arcano dois A Papisa traz, a mulher que serve no Templo da Vida. O filme também coloca a questão do feminino: por que ignoramos a mulher de Buda? É esse feminino que se faz lembrar, por ser tão presente, e que A Papisa nos traz tal como o filme Samsara.

Originalmente publicado em:



0 visualização