• deniseastrologia

O QUE É MAPA ASTRAL DE NASCIMENTO?

O mapa astral funciona, como o próprio nome diz, como um mapa: não é a realidade, mas uma representação do que existe na realidade.





Funciona não como uma ciência, mas como um conhecimento baseado na observação e construído pela humanidade desde a Antiguidade. A astrologia é uma linguagem simbólica em que um mesmo símbolo contém várias interpretações, mas não todas. As várias interpretações de um mesmo símbolo se dão por analogia e são possíveis porque estes símbolos astrológicos falam a um nível mais profundo no campo do conhecimento. Assim, Saturno (como o deus da mitologia de que possui o nome) é o Senhor do Tempo; é o planeta que rege a rigidez, a autoridade, as estruturas. Por analogia, no corpo humano rege os ossos, os dentes, as unhas (aquilo que tem de "duro" no nosso corpo). Em relação a profissão, rege atividades como engenharia, construções em geral, cargos de chefia, odontologia, contabilidade. Esse é só um exemplo, para dar uma idéia de como essa linguagem funciona.

O mapa é feito para o momento em que damos a nossa primeira inspiração, porque nesse momento começamos a agir como um universo funcionando em sincronia com o universo maior que nos cerca. O mapa é uma representação do Universo que somos, do Todo que somos. No mapa temos todos os signos, todos os planetas, cada um atuando de uma forma. Dessa maneira não há signos ou planetas melhores que outros, porque todos são manifestações do mesmo Todo.

O mapa indica o nosso potencial, como podemos nos desenvolver, quais são nossas habilidades e dificuldades. A ideia de desenvolvimento é que seremos melhores à medida que nos tornarmos mais aquilo que somos.

O mapa indica, não determina. Olhar para o mapa de uma pessoa é como olhar para a semente de uma planta. Conhecendo sementes e plantas, dá pra ver que tipo de planta pode nascer que tipo de frutos pode ter, qual é a época da floração, qual o melhor solo para plantar; mas alguém olhando para uma semente não pode "afirmar" que aquela semente virará uma árvore que dará frutos em dezembro de 2013, porque inúmeras condições estão envolvidas. O mapa indica possibilidades, probabilidades, como a semente de uma planta. A vontade e o livre-arbítrio podem modificar muito as condições existentes.

O conhecimento da astrologia não despreza o livre-arbítrio, mas nos lembra dele sem desprezar a Natureza.

No desenho do mapa, estão representados os signos, os planetas, as casas e os aspectos.

Para fora estão os signos do zodíaco. Eles representam o caminho aparente do sol pelas doze constelações. Os signos são de quatro elementos: água, terra, ar e fogo. Câncer, Escorpião e Peixes são signos de água. Touro, Virgem e Capricórnio são signos de Terra. Gêmeos, Libra e Aquário são signos de Ar. Áries, Leão, Sagitário são signos de fogo.

Os riscos para fora do círculo com um número ao lado indicam as casas. As casas indicam campos de experiência. São as áreas onde vivenciamos o simbolismo e a energia de cada signo.

Os desenhos dentro do círculo representam os planetas. Os planetas se movimentam e essa é a posição exata deles no momento do nascimento.

Dentro do círculo interno, estão desenhados os aspectos. Eles são o que existe de mais pessoal no mapa de uma pessoa, dificilmente se encontra o desenho igual ao de uma pessoa (tem que encontrar alguém que tenha nascido na mesma hora e local). Os aspectos estabelecem a relação entre os planetas, entre as casas: relações de tensão, relações harmônicas.

O desenho do mapa de uma pessoa é como se fosse uma mandala da própria pessoa. Mesmo sem conhecer muito de astrologia, meditar olhando a mandala astrológica pode provocar intuições interessantes, experimente!

0 visualização

Denise Astrologia

animadenise@uol.com.br